Caminho das Pedras
Cursos de Férias
Dia Internacional da Dança
Editais
Estudando a dança
Fotos e Vídeos
Leis
Links
Procura-se | Oferece-se
Trabalhe Conosco
Seja um colaborador
Àtividades Paralelas a Dança
 
ADD Site aos favoritos
Atualize sua página
Dúvidas + Freqüentes
Sobre o Site
Festival Dança Londrina
Festival de Música
FUNCART
Demosul
Filo
Mostra de Cinema
Biblioteca Viva Itinerante
Secretaria da Cultura
Cidade de Londrina
Rede -Dança da Cidadania
 

 

©
Conexão Dança
desde 1999
Administrado por Cláudio de Souza
Londrina-Paraná-Brasil

 

PARCEIROS

FILME CURTA METRAGEM NACIONAL "ESCOLHAS"

Dança de Rua é tema de curta metragem ESCOLHAS que foi lançado no MIS em Campinas, “Você faz suas escolhas, e suas escolhas fazem você”.

Considerado o primeiro curta brasileiro que aborda especificamente a Dança de Rua (Street Dance), umas das vertentes da Cultura Hip Hop.

Uma ideia na cabeça e uma câmera na mão! Típico dos cineastas, assim nasceu o projeto deste curta, fruto da vontade de alguns dançarinos apresentarem a realidade vivida pelos amantes da Cultura Hip Hop moradores nas comunidades carentes de Campinas. Além de refletir sobre o submundo das drogas que se contrapõe aos sonhos e desejos de milhares de jovens que fatalmente são enredados neste perigoso universo.

O projeto inédito é encenado por dançarinos que representam o duro cotidiano de jovens que tem que lidar com o tráfico, a violência e a pobreza.

O filme não contou com nenhum ator profissional, somente dançarinos que foram preparados por oficinas e laboratórios de arte dramá tica, expressão corporação e vocal. Todo processo de elaboração do curta faz com que cada pessoa envolvida se torne-se órgão vital para a construção do mesmo, dada a liberdade de atuação de cada ator.

O enredo
A ficção conta a história de Buga, um adolescente pobre que cresceu numa periferia de Campinas, praticante da Dança de Rua e apreciador da Cultura Hip Hop.

Sua vida dá uma reviravolta quando seu irmão mais velho, arrimo da família, morre vítima do tráfico. Buga se vê pressionado pelo chefe do tráfico a saldar a dívida deixada pelo irmão.
A trama se complica quando ele tem que assumir as contas da casa e não tem mais ânimo para dançar, essa combinação explosiva aproxima o garoto do tráfico. A sedução pelo mundo do tráfico fica cada vez mais forte.

Neste emaranhado todo, cabe a um grupo de amigos do garoto e a um líder comunitário o papel de ajudá-lo a se livrar dessa situação. Seu resgate tem como incentivo a Cultura Hip Hop e sua antiga paixão : a dança.

É chegada a hora de Buga tentar se impor e fazer sua escolha: o tráfico ou a arte. Todos esperam que ela seja a escolha certa para sua vida e para a realização dos seus sonhos!
O filme tem como carro chefe as coreografias fortes e intensas que marcam as cenas de embate entre arte x tráfico.

Aprovado em edital municipal o filme conta com Patrocínio do FICC (Fundo de Investimentos Culturais de Campinas) da Secretaria Municipal de Cultura de Campinas, Prefeitura Municipal de Campinas. E apoio cultural da AIMEC, DDRua e Battle Brazil.
O curta tem roteiro e direção geral de Juscelino Santos (Jurssa), direção artística de Adivan Salles e conta com a participação especial de André Rockmaster, professor de Educação Física e de Dança de Rua e dançarino com reconhecimento nacional e internacional. Além de renomados cantores e Mestre de Cerimônias (MC’s) do mundo do Hip Hop.
As gravações iniciaram-se em julho/2011 e se estenderam até junho/2012.
O diretor musical André Motta (AIMEC) contou com a participação de grupos da região para finalizar a trilha sonora do filme, que além do DVD com a versão 25 minutos e a versão extendida do diretor, também contará com um CD de áudio com toda a trilha.
Destaque importante visando ampliar a visibilidade internacional o filme esta legendado em espanhol e inglês.

ASSITA AO TRAILER

DANÇA PARÁ FESTIVAL 2012 - 21ª Edição

Acontece no período de 01 à 06 de dezembro de 2012, o “DANÇA PARÁ Festival”, em sua 21ª edição, tendo como palco principal o Teatro Maria Sylvia Nunes/Estação das Docas, entre outros espaços da cidade de Belém. O Dança Pará Festival oferece informações da dança na atualidade, sua linguagem técnica e experiências práticas e teóricas, contribuindo na valorização profissional, estimulando os participantes ao desenvolvimento sócio-educativo e intercâmbio efetivo; ressaltando sua grande importância como agente fomentador de público e turismo, onde a comunidade terá oportunidades de vivenciar múltiplas manifestações artísticas e seus valores.

O “DANÇA PARÁ Festival”, é uma realização da Cia. de Arte Produções; reconhecido e cadastrado pela Fundação Nacional da Arte-FUNARTE /Ministério da Cultura, Conselho Internacional de Dança-CID/UNESCO, com parcerias do Governo do Estado do Pará, Prefeitura Municipal de Belém e empresariado local, tendo à frente o coreógrafo Maurício Quintairos e o produtor cultural Darley Quintas.

Neste período Belém do Pará, se transforma na “Capital Brasileira da Dança”, registrando um número expressivo de profissionais e personalidades da dança nacional e internacional, atingindo em média 100 companhias de dança e aproximadamente 40.000 (quarenta) mil pessoas na programação diversificada que o evento oferece, como: Mostra de Dança, Mostra Competitiva de Dança, Circuito de Dança nos Centros Culturais e Municípios, Vídeo Dança, Fórum de Debate, Fashion Dance/Desfile Show, Palestras, Workshops, Exposição, entre outras atividades.

Participe do Maior Evento de Dança da Região Norte e o Maior Concurso de Dançla do Norte Nordeste. De 01 à 06 de dezembro, Belém se transformará na Capital Brasileira da Dança.

INSCRIÇÃO ABERTAS: De 01 à 20 de novembro
Cia. de Arte Produções (ciadearteprojetos@yahoo.com.br)
Contatos: (91)96055360-99660101-82013973-81007682
Coordenação: Maurício Quintairos e Darley Quintas

FÓRUM INTERNACIONAL DE DANÇA REUNE COMPANHIAS DO BRASIL, BÉLGICA E FRANÇA

De 26 de outubro a 4 de novembro, acontece, em Belo Horizonte e Nova Lima, o FID Fórum Internacional de Dança.
Na programação, 13 espetáculos, 29 apresentações, de 12 companhias diferentes do Brasil, Bélgica, Áustria e França: Emmanuelle Huynh / Centre National de Danse Contemporaine – Angers (França), Lia Rodrigues Cia de Danças (RJ), Meg Stuart / Damaged Goods (Bélgica), Philipp Gehmacher e Vladimir Miller, Meg Stuart / Damaged Goods (Bélgica) & Mumbling Fish (Áustria), Cristian Duarte (SP) e Entretantas Conexão em Dança (PR). Fonte Funarte.

Leia mais

ARTISTA BRASILEIRA SE APRESENTA NA EUROPA

Estela Lapponi mostra sua nova investigação – Corpo Intruso_Zuleika Brit - em Bruxelas - Bélgica

Clique para AMPLIARA criadora/intérprete Estela Lapponi apresenta INTENTO 3257,5 performance+instalação no dia 22 de outubro no Projeto Open Monday no espaço Volksroom em Bruxelas.
A performance é uma das práticas investigativas do projeto Corpo Intruso.
A artista foi selecionada pelo Programa de Intercâmbio e Difusão Cultural da Secretaria de Fomento e Incentivo à Cultura por meio do Minc para realizar esta e outras atividades na Europa, como ministrar workshop de Danceability em Madrid, participar da Conferência Internacional Corpos (Im)perfeitos na Performance Conemporânea – evento ligado à 20 Quinzena de Dança de Almada e apresentar a performance INTENTO 3257,5 no teatro La Marmita o Porto. Leia mais

CALEIDOS CIA. DE DANÇA (SP) E CIA. BALÉ BAIÃO (CE) NA BIENAL INTERNACIONAL DE DANÇA DO CEARÁ

Programação completa do evento aqui

Clique para AMPLIARA rua como passagem, encontro, paisagem e cidadania num espetáculo interativo de dança para todos os corpos. Um mergulho no contexto das relações corpo/rua. Guardadas a dramaturgia, a concepção de interatividade e a espacialidade das cenas, Mapas urbanos foi especialmente remontado em projeto de migração coreográfica entre o Caleidos Cia. de Dança/SP e a Cia. Balé Baião/Itapipoca, com exclusividade para o público da Bienal Internacional de Dança do Ceará.

Direção Isabel Marques Codireção, dramaturgia, cenário, identidade visual e fotografia Fábio Brazil Elenco Caleidos Cia. de Dança: Anelise Mayumi, Douglas Iesus, Katia Oyama e Larissa Verbisck Elenco Cia. Balé Baião: Gerson Moreno, Edileusa Inácio, Roniele Rodrigues de Souza, Edilene Soriano, Glaciel Farias, Antonio Gomes, Viana Júnior, Gidalto Paixão Trilha sonora original Divan Iluminação Juliana Pedreira Figurino Mariana Piccolli Produção Instituto Caleidos Foto Fábio Brazil

A Caleidos Cia. de Dança foi fundada em 1996 por Isabel Marques, em São Paulo, criando projetos e espetáculos interativos e híbridos: arte e educação dialogam para que a arte não seja escolarizada e para que o ensino de dança não perca sua potência artística. Desde 2001, com codireção de Fábio Brazil, pesquisa articulações entre dança e poesia.

A Cia. Balé Baião atua há 18 anos em Itapipoca (CE) com pesquisa, criação, produção e difusão da dança cênica no interior e capital cearense num contexto de inserção social e construção coletiva de uma dança plural.

CirculaDança
19/10 | 20h | Teatro São João | Sobral
20/10 | 20h | Galpão da Cena | Itapipoca
21/10 | 21h | Estoril

O PRIMO BASÍLIO O MUSICAL

Após sucesso de público com mais 50 mil espectadores, com indicação ao Prêmio Contigo de Melhor Musical de 2010 e com três estrelas da revista Veja São Paulo,O PRIMO BASÍLIO – O MUSICAL começa no segundo semestre de 2012 mais um ciclo de apresentações, em que comemorará 100 espetáculos apresentados. Nesse período, a peça passará por São Bernardo, Guarulhos, Rio de Janeiro e fechará a turnê em São Paulo.

Clique para AMPLIARO musical é uma adaptação do romance O Primo Basílio considerado uma das maiores obras literárias de língua portuguesa, que já foi minissérie da TV Globo em 1988 e filme em 2007, e ganhou adaptação inédita para os palcos, pelas mãos da escritora carioca Francisca Braga. A obra escrita no ano de 1878 pelo autor português Eça de Queiróz, analisa a sociedade burguesa lisboeta, mostrando tramas de adultério, falsidade, jogo de interesse e as ilusões românticas das mulheres da época. Nessa versão de Braga, a história da traição de Luiza (Ligia Paula Machado), com seu primo Basílio (Luiz Araújo) durante a viagem de seu marido Jorge (Fred Silveira) e as chantagens de Juliana (Isadora Ferrite) por ter descoberto o fato se passam no Rio de Janeiro, entre 1959 e 1961.

O musical tem em seu elenco onze atores, seis músicos, cantores e bailarinos. Músicas em ritmo de Bossa Nova dão o tom do musical, que ainda conta com canções de MPB, valsa, samba de breque e tango. Entre os destaques estão Desafinado, Copacabana, Luiza, Samba de uma Nota Só, Chega de Saudade entre outras. Os instrumentos utilizados pelos músicos vão do piano de cauda, violões, violino e flauta transversal passando pelo sax percussão. A direção musical é do maestro Dyonísio Moreno e a direção geral de Dan Rosseto.

Serviço:
ESPAÇO TOM JOBIM - dentro do Jardim Botânico
Dias 18, 19, 20, 21, 22, 23, 26, 27 e 28/10 (20h30, exceto domingo 19h30)
INFORMAÇÕES: (11) 7010 1202
DURAÇÃO: 165 min
CENSURA: 12 anos

TAANTEATRO COMPANHIA APRESENTA "DAN" DE MAURA BAIOCHI

O espetáculo integra o ciclo ecoperformances da Taanteatro, elaborando as tensões entre identidade, corpo mestiço e a rica paisagem do bioma Cerrado. A partir da compreensão do corpo como uma extensão do mundo e vice-versa, corpo e planeta se confundem. Diante da necessidade de ações ecoéticas que visam uma interação cuidadosa com todas as formas de existência, a ecoperformance "Dan" é a maneira de posicionar-se politicamente através dos meios artísticos.

Serviço:
Dias 18 e 19 de Outubro, quinta e sexta, às 21h.

Local: SESC Ipiranga - Rua Bom Pastor 822 (Ipiranga)

CIA. FRAGMENTO DE DANÇA COMEMORA 10 ANOS COM ESPETÁCULO ECOS

Eco é uma reflexão de som que chega ao ouvinte pouco tempo depois do som direto. E são exatamente os ecos dos seus dez anos de trabalho que a Cia. Fragmento de Dança, da coreógrafa, diretora e bailarina Vanessa Macedo, traz ao palco. Sons que refletem na forma de belos movimentos o processo criativo do grupo. O espetáculo ECOS, que comemora 10 anos da companhia, cumpre temporada de 07 de setembro a 27 de outubro de 2012 no Kasulo – Espaço de Cultura e Arte (Rua Souza Lima 300B, Barra Funda - prox. Ao Metrô Marechal Deodoro).

Foto de João PriolliNeste espetáculo a companhia desenvolve um trabalho de estrutura móvel, ou seja, trechos das novas criações podem ser agregados conforme sua relação com o espetáculo. Esta forma de pensar a arte propicia a companhia a estar em uma constante transformação, absorvendo e trocando com os conteúdos que surgem em novas pesquisas, além de revisitar o que já foi feito. “Isso faz com que a trilha, luz e figurino também estejam em transformação, o que buscamos é focar no âmago de cada criação e aprofundá-la”, explica Vanessa. “Entendemos que os próprios intérpretes e a minha visão como coreógrafa estão se transformando naturalmente à medida que revemos o que já foi feito e observamos com o olhar que temos hoje”, completa a diretora.

Neste ano de 2012, a Cia. Fragmento de Dança, núcleo artístico sediado na cidade de São Paulo, completa 10 anos de existência. Revisitando trechos de outras criações, ECOS trata da relação que se tem com a própria imagem, evidenciada desde que a Cia. pesquisou a vida e obra de Frida Kahlo, refletindo sobre as formas de expressão do homem na contemporaneidade.

Com isso, o espetáculo propõe uma nova composição para esses trabalhos. Observa as reverberações que um espetáculo causou no outro e suas identificações estéticas e dramatúrgicas de forma não linear, ou seja, os últimos trabalhos não absorvem simplesmente a pesquisa do anterior. “Por meio de corpos que se encaixam um no outro, o espetáculo sugere uma intimidade revelada em imagens que se fundem, mas não se distanciam, em nenhum instante, da solidão”, diz Vanessa Macedo, explicando em palavras o que o espetáculo traduz em imagens coreográficas.

Serviço:
"Ecos"
Coreografia e Direção: Vanessa Macedo
Temporada: até 27 de outubro de 2012, sextas e sábados às 21h
Kasulo – Espaço de Arte e Cultura – Rua Souza Lima 300 B, Barra Funda, São Paulo, SP Próx. Metrô Marechal Deodoro - Tel: (11) 3666-7238
Preços: R$ 5 e R$ 2,50 (meia)
Duração: 55 minutos
Faixa Etária Recomendada: 14 anos
Apoio: Kasulo Espaço de Cultura e Arte e Cooperativa Paulista de Dança

"AVENTURA ENTRE PÁSSAROS", A NOVA CRIAÇÃO DE JOÃO SALDANHA

A mais nova criação de João Saldanha, o espetáculo "Aventura entre Passáros", coreografia que evidencia as expressões comuns entre o homem e os animais e que pode produzir ambivalências.

No palco, os bailarinos Ana Paula Marques, Celina Portella, Olivia Secchin, Renata Versiani, Fernando Klippel, Lucas Rodrigues, Samuel Frare e Thiago Sancho apresentam diversos modos de atuação.

crédito Renato MangolinNesta temporada carioca, após as apresentações no Carlos Gomes, o espetáculo segue para Imperator - Centro Cultural João Nogueira, no Méier, nos dias 28, 29 e 30 de setembro e, logo após, fará mais três apresentações no Centro Coreográfico, na Tijuca, nos dias 05, 06 e 07 de outubro, finalizando com seis apresentações no espaço de ensaio da companhia, na Escola de Cinema Darcy Ribeiro, nos dias 12, 13, 19, 20, 26 e 27 de outubro. Além do espetáculo, João Saldanha também ministrará quatro Oficinas de Dança Contemporânea gratuitas, nos dias 22 de setembro, no Teatro Carlos Gomes; 30 de setembro, no Imperator; 04 de outubro, no Centro Coreográfico; e dia 14 de outubro, na Escola de Cinema Darcy Ribeiro. As vagas são limitadas e inscrições poderão ser feitas pelo e-mail atelierdecoreografia@gmail.com.

"Acredito que, neste momento da minha trajetória é preciso buscar parceiros dispostos a arriscar novas formas de dançar minhas estruturas coreográficas para enfrentar o sentido do trabalho coletivo, ainda que exista diversidade nas formas de mover. É preciso conviver para produzir pensamento na arte", afirma João Saldanha.

Com trilha sonora de Sacha Amback e encenação (cenário, luz, figurinos e movimentação) do coreógrafo João Saldanha, diretor da Companhia Atelier de Coreografia, os oito dançarinos traçam percursos e firmam gestos e movimentos para a construção de danças e agrupamentos que valorizam o conjunto. Em 26 anos de carreia, com trabalhos premiados pelo país, João Saldanha ganhou, em 2011, o maior prêmio do Fundo de Apoio a Dança (FADA) para a montagem do espetáculo e que também conta com a parceria da Escola de Cinema Darcy Ribeiro.

Serviço:
"Aventura entre Passáros"
Duração: 60 minutos
Classificação etária: 12 anos
Escola de Cinema Darcy Ribeiro: dias 13, 14, 20, 21, 27 e 28 de outubro
Endereço: Rua da Alfândega, 05 - Centro (esquina com a 01° de março)
Informações: atelierdecoreografia@gmail.com
Ingresso: Entrada Franca (senha uma hora antes)
Horário: Sábado e Domingo, às 17h

COLETIVO INTERMITENTE ABISMO DE SONHOS EM "OUR LOVE"

Clique para ampliar a imagemDias 30 e 31 de outubro e dia 1º de novembro, o espetáculo Our Love, do Coletivo Intermitente de Sonhos, se apresenta no Ninho Sansacroma, na zona sul de São Paulo.

Num espaço público quatro pessoas deparam-se com suas solidões e suas dificuldades de estabelecer um contato, um diálogo, um encontro. O espaço comum urbanamente planejado e humanamente esterilizado como reflexo da condição (in)dependente e solitária do humano. Leia mais

     

CIA DAMAGED GOODS NO SESC VILA MARIANA

AUDIÇÕES

Dirigida pela coreógrafa Meg Stuart, a companhia Damaged Goods apresenta 'Violet', trabalho que estreou na Alemanha em 2011. O espetáculo tem início minimalista e, por meio da música de Brendan Dougherty executada ao vivo, os movimentos se expandem, levados pelos sons da percussão e da música eletrônica. Assim, após diversas pesquisas na interação com outras formas de arte, Meg Stuart retorna, nesta obra, ao movimento como propulsor inicial, onde padrões energéticos criados têm como consequência o colapso.
Dias 03/11 e 04/11 - Sábado, às 21h e domingo, às 18h.

 
Publicidade


 
███||| | N O T Í C I A S |
 
Ballet de Londrina em SP
Clique para mais informações
LINKS SELECIONADOS